Orkut Twitter facebook rss
início > notícias

Festa do Café Arábica chega à 9ª edição na comunidade da Bateia

Com o objetivo de demonstrar a importância do café arábica, fornecer assistência para o desenvolvimento da atividade e prestigiar os produtores da região, o Instituto Capixaba de Pesquisa Assitência Técnica e Extensão Rural (Incaper) realiza no dia 04 de agosto a IX Festa do Café Arábica na comunidade de Bateia, em Castelo. O evento deve contar com a participação de 300 produtores da região.

A Festa do Café Arábica é uma realização do Governo do Estado do Espírito Santo, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) e do Incaper, da Prefeitura Municipal de Castelo por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, e da Associação de Moradores da Bateia.

A programação é formada por palestras que contemplarão os temas: "valorização da família rural", "principais erros na cafeicultura que acarretam perdas de produtividade e rentabilidade" e "mercado mundial de cafés de qualidade". Elas serão ministradas, principalmente, por extensionistas do Incaper com a finalidade de incentivar e assistir a produção do café arábica. Todas as atividades serão realizadas no galpão da comunidade da Bateia.

De acordo com o chefe do Escritório de Desenvolvimento Rural (ELDR) do Incaper de Castelo Laélio Scolforo, as palestras têm o caráter de iniciar um trabalho que se complementa com a assistência técnica realizada regularmente: "As palestras trabalham numa perspectiva de chamar a atenção do produtor para os problemas existentes em sua lavoura e os caminhos que podem ser seguidos para otimizar a produção e comercialização", explicou, reafirmando a necessidade de se realizar um trabalho contínuo com os técnicos do Incaper.

Atualmente, o Espírito Santo é o segundo maior produtor de café do Brasil. O conilon é o mais cultivado, mas a produção de café arábica também é expressiva. Estima-se que chegue a 3 milhões de sacas em 2012. O município de Castelo possui 6.500 hectares de arábica e uma produção que gira em torno de 120.000 sacas ao ano. O próximo passo para que ele fique ainda mais forte na região é investir na renovação das lavouras objetivando a agregação de valores para elevar a qualidade do café produzido. Laélio Scolforo ainda aponta para o fato de que na localidade em que fica a comunidade da Bateia só é viável o cultivo da espécie arábica, daí a importância de iniciativas como a festa, que se repete pela 9ª vez.

Além de aprendizado, o clima da festa é de confraternização. Haverá almoço comunitário, seresta, sorteio de uma roçadeira e diversos brindes. Os participantes também terão a oportunidade de experimentar produtos da culinária do café que serão comercializados no evento e participar da aula de degustação de cafés. Até uma brincadeira pode acabar em prêmio. Quem acertar o peso de uma planta de café que estará exposta no evento pode faturar mais uma premiação. As atividades se iniciam às 08h30min e se estenderão durante a tarde. A inscrição dos participantes será realizada no local.

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação – Incaper
Eduardo Brinco/Juliana Esteves/Luciana Silvestre
Texto: Mariana Bergamini
comunicacao@incaper.es.gov.br
Tel: 3636-9865/3636-9868/9850-2210/9964-0389
Twitter: @incaper

Fonte: Incaper/GOV
Foto: Assessoria/Incaper

Compartilhar:

compartilharCompartilhe!

Mais Notícias

Parques Estaduais são opções de passeio neste feriado

Os Parques Estaduais gerenciados pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente e Re...Leia mais

Setur investe R$ 3,3 milhões para alavancar turismo

O Governo do Estado assinou no dia 17 de julho de 2012 contratos de cinco prog...Leia mais

Governo assina contrato para retomada das obras do Kleber Andrade

O governador Renato Casagrande assinou na sexta-feira (20), no Palácio Anchieta...Leia mais

Aracruz lança Guia Gastronômico com estabelecimentos do município

A Prefeitura Municipal de Aracruz, em parceria com a Secretaria de Estado do T...Leia mais

Turistas devem movimentar mais de R$ 11 milhões no Estado nos meses de junho e julho

Nos meses de junho e julho, o turismo de eventos promete aquecer a economia do...Leia mais